Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Evandro José Coelho do Amaral

Evandro José Coelho do Amaral, Licenciado em Administração Pública pelo INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS SOCIAIS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS (CIS).

Evandro José Coelho do Amaral, Licenciado em Administração Pública pelo INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS SOCIAIS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS (CIS).

Evandro José Coelho do Amaral

18
Mar18

DEPENDÊNCIA AFRICANA DE CINEMATOGRAFIA


Evandro José Coelho do Amaral

DEPENDÊNCIA AFRICANA DE CINEMATOGRAFIA

AFRICAN CINEMATOGRAPHY DEPARTMENT

NewPaper nº 22/2018

Amaral, Evandro José Coelho do [1]

Clica aqui para ver na versão PDF

Resumo

O intuito desta pesquisa, foi sobre o filme o Pantera Negra é o primeiro super-herói de ascendência africana. Percebe-se que é mais uma dependência cinematográfica, porque o criador, ilustrador e produtor são americanos [brancos]. E os negros na sua maioria negros americanos [afro-americano], porquê que não seria actores africanos de África? 

Palavras-chaves: Cinematografia, Super-herói e Africano.

 

Abstract

The purpose of this research was on the film the Black Panther is the first superhero of African descent. It is perceived that it is more a cinematographic dependence, because the creator, illustrator and producer are Americans [whites]. And blacks mostly black Americans, why should not African actors be from Africa?

Keywords: Cinematic, Superhero and African.

 

Introdução

Pantera Negra (em inglês: Black Panther) é um super-herói das histórias em quadrinhos publicadas pela Marvel Comics, cuja identidade secreta é a de T'Challa, rei de Wakanda, um reino fictício na África. O personagem foi criado pelo escritor e editor Stan Lee e pelo escritor e ilustrador Jack Kirby, aparecendo pela primeira vez em Fantastic Four # 52 (julho de 1966) na Era de Prata das histórias em quadrinhos. A série retrata o Pantera Negra como T'Challa, rei e protetor de Wakanda, país fictício localizado na Africa. Além de possuir habilidades aprimoradas alcançadas através de um antigo ritual de Wakanda, T'Challa também conta com seu intelecto genial, treinamento físico rigoroso, habilidade em artes marciais, acesso a tecnologias avançadas e riqueza para combater seus inimigos. Pantera Negra também é conhecido por seu relacionamento com a super-heroína Tempestade dos X-Men. Embora os dois fossem casados e se envolvessem em inúmeras batalhas, suas lealdades colocariam uma pressão sobre o relacionamento que levaria a um eventual divórcio.

 

Pantera Negra é um filme de superlativos. Com uma excelente previsão de arrecadação para sua estreia e além de ser o mais bem avaliado longa de todo o Universo Cinematográfico Marvel, contando actualmente com um índice de aprovação da crítica de 98% no Rotten Tomatoes, a aventura dirigida por Ryan Coogler [afro-americano], também é uma das mais caras da história do MCU. E segundo Kevin Feige [americano-branco], chefe-estrategista do Universo Cinematográfico.

 

Ainda que o valor não tenha sido divulgado em específico, a declaração de Feige leva a crer que o orçamento gira em torno dos US$ 200 milhões, provavelmente se aproximando dos US$ 250 milhões gastos para realizar tanto Capitão América: Guerra Civil, quanto Vingadores: Era de Ultron. A diferença entre o longa protagonizado por Chadwick Boseman para os dois últimos, no entanto, é a quantidade de estrelas do MCU presentes. Enquanto Capitão América 3 e Vingadores 2 trazem praticamente todos os rostos mais conhecidos - e caros - do estúdio, Pantera Negra aposta em um elenco com menos estrelas - mas não menos talentos - para abrir espaço para a construção do reino de Wakanda.

 

Conclusão

Esta abordagem cria entorno vários paradoxos, a saber:

  • Uma colonização cinematográfica, porque o criador, ilustrador, produtor e alguns autores não são africanos.
  • Este filme é uma utopia, para fazer uma lavagem cerebral dos africanos, com a finalidade de ganharem dinheiro, por serem negros como protagonistas.
  • Existe tantas e boas histórias sobre o continente africano ou sobre a realidade africana que poder-se-ia transformar em filme.
  • Não existe um enquadramento histórico sobre o continente africano [foi uma estratégica para ludibriar os africanos].
  • Em África nunca foram os criadores de Tecnologia de ponta, foram apenas detentores de matérias primas.
  • Poder-se-ia criar um filme retratando sobre o Congo, onde seria a superpotência em África, quiçá no mundo. Sendo o país com muitos recursos naturais, que sem esses recursos não seria possível, a tecnologia que temos hoje. Mas é um país africanos com muitos problemas sociais, fomentado por alguns países.

 

[1] Graduado no Curso de Administração Pública, pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Relações Internacionais (CIS), evandro.amaral2015@hotmail.com; 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Compre produtos e Ganhe dinheiro na FM WORLD

https://shop-uk.fmworld.com/partner/9193299

Links

  •  
  • Poemas

    Revistas

    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D