Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Evandro José Coelho do Amaral

Evandro José Coelho do Amaral, Licenciado em Administração Pública pelo INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS SOCIAIS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS (CIS). Tel: +244 928 887 135 / +244 993 029 806 (Whatsapp)

Evandro José Coelho do Amaral, Licenciado em Administração Pública pelo INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS SOCIAIS E RELAÇÕES INTERNACIONAIS (CIS). Tel: +244 928 887 135 / +244 993 029 806 (Whatsapp)

Evandro José Coelho do Amaral

26
Dez18

LUANDA ONDE EU VIVO


Evandro José Coelho do Amaral

LUANDA ONDE EU VIVO

LUANDA WHERE I LIVE

NewPaper nº 76/2018

 

Amaral, Evandro José Coelho do [1]

Clica aqui para ver na versão PDF 

Resumo

Este artigo é resultado de um diálogo com a Senhora Domingas Pedro sobre os problemas sociais em Angola – Luanda, que refletem muito na vida da população em geral. Essas patologias sociais alteram os comportamentos do dia a dia de qualquer pessoa.

 

Palavras-chaves: Problemas Socias, Jovem e Luanda.

Abstract

This article is the result of a dialogue with Mrs. Domingas Pedro on the social problems in Angola - Luanda, which reflect a lot in the life of the population in general. These social pathologies alter the daily behaviors of any person.

Keywords: Social Problems, Youth and Luanda.

Introdução

Quando falamos de África, a primeira coisa que vem em nossa mente é destruição, ruínas, doenças, epidemias, fome… 

É comum vermos na sociedade angolana, afirmação que alguns jovens estão frustrados, não tem oportunidades, não querem estudar, não procuram ou não têm emprego, são dependentes químicos, envergaram à criminalidade…

Alguns dos problemas sociais identificados em Angola: Burocracia, Corrupção, Pobreza e fome, Influências / Gasosa / Saldo, Cabritismo, Bajulação/Limpa bota, Inexistência ou Défice de Serviços básicos, Imprevistos, Racismo, Questões Espirituais, Ética Profissional, Impontualidade…

Devemos ter espírito de fé e de optimismo numa terra rodeado de pessimismo (Evandro Amaral, 2018).  

Esses problemas sociais apresentados implicam directa e indirecta na vida da população, a saber:

  • Stress no dia a dia;
  • Sem motivação da vida (quer em casa e no trabalho). Desmotivado com as politicas pública do país;
  • Esquecimento precoce;
  • Frustração: quando é impedido de alcançar um determinado objectivo. Por exemplo: pretendia ser Embaixador e tornar-se professor, 80% da chance de não desempenhar um bom trabalho;
  • Fica sem perspetiva de vida. O país inserido determina muito nos nossos objectivos, quando é instável;
  • Fica sem saber qual é o objectivo da vida?
  • Não é feliz no dia a dia, em casa, na família, entre amigos e no trabalho;
  • Faz muitos estudos comparativos, devido a aldeia global para imigrar em outro país;
  • Há falta de ocupação, por vezes, acaba ser levador de fardos dos outros. Carrega, tem e pensa a todo tempo de problemas;
  • Problemas pessoais na realidade angolana (têm muitos compromissos morais (sobretudo financeiro), por vezes são obrigados a ajudarem financeiramente: a sua mãe, sogras, filhos, netos e outros), essas ajudas financeiras dá-se em funerais e casamentos.

Conclusão

Concluímos que o certo é a gente ir para o campo filosófico no silêncio fazer as seguintes perguntas e depois respondê-las:

  • Qual é o objectivo da vida? R: é ser feliz, a riqueza e outros são os complementos;
  • O que estou a fazer na terra? R: para desfrutar tudo de bom que nos oferece;
  • O que é a felicidade? R: é amar um ao outro como a ti mesmo e estar com alguém que amas;
  • Como ser feliz? R: não perder tempo com coisas inúteis.

Espero que esse artigo possa ajudar a Senhora Domingas Pedro. Seja feliz e faça alguém feliz.

 

[1] Graduado no curso de Administração Pública, pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Relações Internacionais (CIS), evandro.amaral2015@hotmail.com;

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

EVANDRO JOSÉ COELHO DO AMARAL

Links

  •  
  • Poemas

    Revistas

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D